Depoimentos

"A forma como vocês usam a fotografia como um meio de promover ação e mudança social é muito interessante e eficaz."

Maria-Luisa Chavez

ex-chefe do Departamento de Informação Pública da ONU

"Em belas, comoventes e, não raro, pungentes imagens, o fotógrafo André François nos mostra, em vários lugares do Brasil, o trabalho de gente que se dedica a cuidar de doentes. E, assim fazendo, ele nos ensina muito."

Moacyr Scliar

médico e escritor (in memoriam)

"O projeto realmente aproxima os pacientes dos profissionais de saúde. Eu percebo que isso mudou, e não foi na semana seguinte que vocês foram embora, ele permaneceu. Então, ele tem um potencial enorme de permanecer e é isso que a gente quer obter."

José Roberto Ferraro

Médico e superintendente do Hospital São Paulo

“Viajar o país dando aula de fotografia e provocando encantamento nos alunos é muito romântico! As oficinas permitem dar às crianças e adolescentes um tempo para refletir sobre a mensagem que desejam transmitir e para contemplar o lugar em que estão todos os dias, criando um novo olhar. Isso é algo muito valioso nos dias de hoje.”

Levi Fanan

educador da ImageMagica

“Ver nosso trabalho de saúde indígena documentado no livro Cuidar foi atestar alguma coisa esquecida num mundo individualista e de extremado consumo: o ato de cuidar e repartir a dor. O livro é um testemunho dos anônimos.”

Oscar Espellet

médico retratado no livro Cuidar

“Seu projeto é muito importante. Podemos ver o amor que flui do paciente e invade aqueles que o curam, e o movimento recíproco do amor que vai ao encontro do paciente. O cuidar é o mapa para estancar a violência e a injustiça. O amor pode dar fim ao sofrimento e trazer o cuidar para toda a humanidade.”

Patch Adams

médico e fundador do Instituto Gesundheit!

De Volta para Casa sensibiliza e influencia na busca por melhores condições de vida. As imagens mostram o esforço, a luta, o amor e a alegria de poder estar perto das pessoas que amamos. ImageMagica, muito obrigada por me dar a honra de poder fazer parte desse projeto e mostrar que a vida continua!”

Suellen Sebastião

paciente com distrofia muscular, em home care desde 1999 e uma das personagens do livro

“As ações pedagógicas transformam o olhar dos alunos na perspectiva crítica, o que é de extrema relevância para a formação individual deles. Nas oficinas, pode-se evidenciar esse olhar do aluno para os detalhes que passam desapercebidos no nosso cotidiano. Eu acho que temos que trazer novas oportunidades para os alunos participarem de projetos como esse.”

Everaldo Simões

técnico em assuntos educacionais da Secretaria do Estado do Espírito Santo

“Participar do Projeto Vida foi uma excelente maneira de mostrar ao mundo a realidade vivida pelos pacientes e profissionais de saúde do MSF em Moçambique. As fotografias de André François fazem hoje parte do nosso trabalho de divulgação e conscientização para a população moçambicana.”

Kelly Cavalete

ex-coordenadora do projeto Mavalane dos Médicos Sem Fronteiras em Maputo, Moçambique